segunda-feira, 13 de novembro de 2017

BRASILEIRA E ALEMÃ ATACADAS EM PRAIA DESERTA NA AUSTRÁLIA FALAM PELA PRIMEIRA VEZ

Duas mochileiras (uma brasileira e uma alemã) atacadas numa praia deserta do sul da Austrália foram à público contar pela primeira vez os detalhes do episódio que quase lhes custou a vida

Lena Rabente e Beatriz (Imagem: Pragmatismo Político)


Duas mochileiras atacadas por um homem numa praia deserta do sul da Austrália contaram pela primeira vez sua história aterrorizante.



Lena Rabente, da Alemanha, e Beatriz, do Brasil, tinham 23 anos quando se conheceram em Adelaide, em fevereiro de 2016, e decidiram viajar juntas pela Great Ocean Road.

As duas amigas aceitaram uma carona de Roman Heinze, então com 59 anos. Ele viu o anúncio da dupla no site Gumtree, mas, duas horas depois de sair de Adelaide, ele as levou para dunas isoladas no Parque Nacional Coorong.


Rabente e Beatriz contaram ao programa 60 Minutes, do Channel Nine, como um trecho deserto da praia conhecido como Salt Creek repentinamente tornou-se palco de uma luta por suas vidas.

Nenhum comentário: