quarta-feira, 9 de agosto de 2017

ABRIGO IRREGULAR DE IDOSOS É DESATIVADO EM CURITIBA

O local funcionava na rua João Máximo Kopp, no bairro Santa Cândida

Por Daiane Andrade

Foto: Átila Alberti.

Um abrigo clandestino para idosos e pessoas com necessidades especiais foi desativado na manhã desta terça-feira (8). O local funcionava na rua João Máximo Kopp, no bairro Santa Cândida. De acordo com a Polícia Civil, o estabelecimento ilegal foi descoberto graças a uma denúncia anônima. A responsável pelo imóvel, que não teve o nome divulgado, acabou presa em flagrante.

A mulher foi autuada por sequestro e cárcere privado, por expor os internos a riscos no que diz respeito à integridade física e psíquica e por abandono ou o não provimento de necessidades básicas. “Em depoimento, um dos idosos contou que tinha problemas com a alimentação, que não tomava sol…”, conta o superintendente Cristiano, do 4º Distrito Policial da capital, que fica no bairro Boa Vista. “Na sequência já foi feito o flagrante e agora essa pessoa vai responder na Justiça”.


Havia ao menos quatro pessoas no estabelecimento irregular. A ação integrada contou com equipes da Guarda Municipal de Curitiba (GMC), da Fundação de Ação Social (FAS) e da Secretaria Municipal de Saúde. “Aqui na delegacia as vítimas foram ouvidas e receberam uma guia para procederem aos exames de corpo de delito no Instituto Médico-Legal. Esses procedimentos vão apontar ou descartar eventuais lesões físicas e o grau dos ferimentos, se existirem”.
Situação precária

“A situação lá estava feia. Eram inúmeros problemas, um lugar inadequado para a permanência de idosos e pessoas especiais”, lembra um servidor da FAS. Segundo ele, esse tipo de atividade demanda uma série de exigências. “Não havia condição alguma”, completa.

Ainda conforme a Polícia Civil, as vítimas foram levadas pela equipe da FAS, que ficou responsável por providenciar um abrigo para o grupo, ainda que temporariamente, apenas. A Tribuna tentou, mas não conseguiu contato com a assessoria da Fundação.

Nenhum comentário: